Arquivo da categoria: Arduino

Ferramentas de Bancada no Tinkercad – Parte 5

Até aqui vimos diversas ferramentas de bancada no Tinkercad. Para finalizar a série veremos agora possivelmente a mais simples, a Fonte de Energia.

Conhecendo a Fonte de Energia

A fonte de energia, ou fonte de alimentação, é uma ferramenta que fornece uma tensão e corrente que podem ser ajustadas de acordo com a necessidade do projetista.

Ela serve para alimentar os circuitos e verificar seu comportamento frente a valores de tensão e corrente que podem ser definidos ou limitados.

Continue lendo Ferramentas de Bancada no Tinkercad – Parte 5

Ferramentas de Bancada no Tinkercad – Parte 4

Das ferramentas de bancada no Tinercad o osciloscópio é o que possibilita visualizar o gráfico de um sinal ao longo do tempo. Ele pode ser usado para observar o comportamento do de um pino digital do Arduino ou comportamento de um pino com PWM.

Neste post vamos usar o osciloscópio do Tinkercad para observar alguns destes comportamentos. Vamos explorar o uso do osciloscópio juntamente com o gerador de funções.

Continue lendo Ferramentas de Bancada no Tinkercad – Parte 4

Controle de Fluxo de Água com Arduino – Conclusão

Neste quinto e último post da série sobre o desenvolvimento do Controle de Fluxo de Água com Arduino vamos mostrar o que foi alcançado e um pouco do código fonte desenvolvido.

Vídeo demonstrativo

Um pouco sobre o código fonte

O programa de controle foi desenvolvido na IDE do Arduino utilizando algumas bibliotecas para facilitar a vida :D.

Começando pelos includes. Foram utilizadas duas bibliotecas. A TM1637Display e a RotaryEncoder.

Continue lendo Controle de Fluxo de Água com Arduino – Conclusão

Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 4

Este é o quarto post da série sobre o desenvolvimento do Controle de Fluxo de Água com Arduino. Agora vamos abordar o projeto da placa de circuito impresso (PCI, ou PCB na sigla do inglês Printed Circuit Board). Esperamos como resultado ter uma placa de qualidade para o nosso projeto.

Como vimos em posts anteriores, este projeto utiliza um Arduino Nano além de outros componentes. Para comportar todos de forma definitiva foi projetada uma placa de circuito impresso. Assim teremos uma abordagem que dá um toque mais profissional ao projeto que utilizar protoboard ou mesmo utilizar uma placa padrão.

Projeto da PCB

No projeto do circuito elétrico apresentado no post anterior utilizamos um Arduino Nano e alguns componentes como resistores, capacitores e reguladores de tensão. A partir daí podemos perceber a necessidade de acomodar estes componentes. Era preciso criar uma placa que possibilitasse o encaixe do Arduino Nano e também acomodasse outros componentes. A partir do foi iniciado o projeto da PCB.

Continue lendo Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 4

Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 3

Neste terceiro post da série sobre o desenvolvimento do Controle de Fluxo de Água com Arduino vamos abordar a parte eletrônica do projeto definindo quais recursos utilizaremos incluindo o Arduino escolhido para a tarefa. Vamos lá?

Recapitulando as principais funcionalidades desta solução:

  • Controlar o fluxo da água (abrir/fechar passagem);
  • Definir o quanto de água vai passar enquanto estiver aberto;
  • Apresentar no display o volume de água escolhido;
  • Sinalizar quando toda a água passou.
Continue lendo Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 3

Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 2

Este é o segundo post de uma série relacionados o desenvolvimento do Controle de Fluxo de Água com Arduino. Neste post vou mostrar como montei a parte hidráulica. Mãos a obra!

Instalação Padrão de um Purificador

A instalação de purificadores de forma geral é muito simples. Você precisa de um ponto de água disponível e, se seu purificador gelar a água, uma tomada. É interessante que esses prerrequisitos estejam próximo onde ficará o purificador ou você precisará fazer “adaptações”, como foi o meu caso.

Para o meu modelo de purificador Latina PN535 é necessário apenas a ligação do ponto de água utilizando o adaptador que vem junto com ele próprio para redução da bitola de entrada do purificador. Não há qualquer outro procedimento além desse, a não ser colocar a unidade que filtra.

Continue lendo Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 2

Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 1

Este é o primeiro de uma série de posts relacionados o desenvolvimento do Controle de Fluxo de Água com Arduino. Espero que você aprenda e se divirta com os caminhos para a criação deste protótipo. Vamos lá!

É com nossas experiências do dia-a-dia que devemos nos inspirar para termos ideias de projetos realmente úteis. Afinal, fazer algo sem utilidade não faz sentido algum! Neste post conto uma breve história de como desenvolvi o projeto de controle de fluxo de água com
Arduino e porque decidi investir meu tempo no projeto.

Continue lendo Controle de Fluxo de Água com Arduino – Parte 1

Minicurso: Uma Visão Geral Sobre Microcontroladores

Sistemas embarcados estão presentes em nosso cotidiano em vários lugares. Relógios, aparelhos som, TVs, eletrodomésticos e carros, são alguns dos exemplos onde podemos encontrar os microcontroladores em nosso dia-a-dia. Entender o que são, como funcionam e suas aplicações é essencial para profissionais que querem se destacar no mercado moderno de sistemas embarcados. Mesmo para aqueles que desejam implementar seus próprios sistemas, o uso de microcontroladores, seja
PIC, AVR( Arduino ), AMR, 8051ou ESP, pode fazer toda diferença.

No mercado existem diversas plataformas com dezenas de chips para escolhermos e definir qual plataforma estudar pode não ser tão simples assim.

Apesar dessa diversidade, é possível iniciar o estudo de microcontroladores por conta própria. Existem diversos livros no assunto e a documentação é bem vasta.

Continue lendo Minicurso: Uma Visão Geral Sobre Microcontroladores

Tinkercad: Um Simulador Online para Arduino

A plataforma Arduino cativou uma nova geração de pessoas cuja a criatividade não tem limites e que só precisava de uma mãozinha para descobrir as possibilidades de uma área que antes só era tocada por profissionais e estudantes de eletrônica e áreas afins.

Lançado em 2003 esta plataforma nasceu de um projeto que visava criar um ambiente simples para que pessoas fora da área de engenharia pudessem criar projetos com eletrônica digital. O resultado foi um grande sucesso com uma plataforma que só cresce a cada dia com uma comunidade opensource gigante e uma quantidade de bibliotecas e soluções incontáveis.

Apresentamos o TINKERCAD ™

Para facilitar ainda mais a aprendizagem do temos hoje projeto TINKERCAD ™. Mantido atualmente pela AUTODESK ®, a mesma empresa de softwares renomados como AutoCAD, 3DS MAXe Maya, o TINKERCAD ™ surgiu como uma opção para modelagem 3D online que hoje incorpora a possibilidade de criação e simulação de circuitos eletrônicos digitais, incluindo o uso do Arduino UNO.

A plataforma online TINKERCAD ™ é gratuita e para usar basta ter uma conta da AUTODESK ®. Para criar sua conta e acessar todas as possibilidades da plataforma clique neste link e cadastre-se.

Continue lendo Tinkercad: Um Simulador Online para Arduino

Circuito Impresso com Photoresist Film

Circuito Impresso com Photoresist Film
Figura 1. Circuito Impresso com Photoresist Film

Por volta de 1997, ainda moleque, fiquei fascinado com a possibilidade de poder criar meus próprios circuitos em casa. Um amigo havia me mostrado que, com um lápis Piloto utilizado para escrever em transparências para retroprojetores  era possível desenhar meu próprio circuito sobre uma placa com uma face cobreada e depois corroer no ácido. Foram muitos momentos de aprendizado e diversão com revistas sobre eletrônica que traziam circuitos legais para montar.  Após 20 anos a frente daquela época aqui estamos nós. Daquele processo árduo e cansativo apenas uma coisa não mudou: ainda continuo corroendo minhas placas com Percloreto de Ferro.

Atualmente existem diversas formas de fazer sua própria placa em casa. A parte do processo que mais dá trabalho e que afeta diretamente a qualidade da placa é a de transferir para a placa cobreada o modelo feito em computador.

A seguir vou mostrar como eu faço minhas placas atualmente.  O processo não é 100% preciso mas, por se tratar de uma técnica caseira para hobbistas, acredito ser suficiente para a maioria dos casos. A Figura 1 apresenta uma das placas que fiz usando o método.

Continue lendo Circuito Impresso com Photoresist Film