Três Sites Úteis para Projetos Eletrônicos

Durante muito tempo eu criei meus circuitos de forma manual, literalmente desenhando minhas placas de circuito impresso (PCI, ou PCB em inglês, Printed Circuit Board). Felizmente hoje em dia temos diversas ferramentas gratuitas e serviços incríveis que podemos usar para desenvolver ou apoiar a construção dos nossos circuitos.

Neste post vamos falar de três sites muito úteis para projetar o circuito, produzir as PCBs e comprar componentes. São eles o EasyEDA, JLCPCB e o LCSC, respectivamente, apresenrados na Figura 1.

Figura 1 – Recotes dos três sites: EasyEDA, JLCPCB e LCSC, respectivamente.

Os três sites são integrados, o que traz várias facilidades. Um exemplo é o uso de uma única conta para acessar os três, como mostra a Figura 2.

Figura 2 – Informação de integração entre os sistemas.

Projeto do Circuito

Quando vamos criar nossos circuitos em computador utilizamos um software que é comumente chamado de EDA (Electronic Design Automation, do inglês, Automação de Projeto Eletrônico).

As possibilidades variam bastante por software, mas em geral é possível criar o esquemático do circuito e projetar a PCB. Alguns exemplos de softwares EDAs são o Proteus, Altium, Eagle e o EasyEDA.

Vamos focar no EasyEDA, porque entre os citados ele tem uma versão online e gratuita. Assim você pode criar seus projetos sem a necessidadde de instalar o programa (apesar de ter versão desktop) e acessar seus projetos salvos em qualquer computador.

O uso da ferramenta é bem simples se comparada com os outros exemplos. Pode ser considerada uma vantagem a tradução para português praticamente toda a interface da ferramenta.

A Figura 3 traz a visão da criação do esquemático. As barras de ferramentas e os menus em português. Temos uma barra de ferramentas superior para acesso rápidos a algumas ações, como alinhemento e distribuição de componentes. Dois paineis flutuantes, um deles com as ferramentas de conexão, probes, groundd, source etc, e outro com ferramentas de texto e geométricas.

Figura 3 – Interface do EasyEDA: esquemático.

A visão para criação da PCB é apresentada na Figura 4. Podemos ver na figura que é possível definir o formato da placa e criar placas multicamadas. Tembém podemos observar os menus flutuantes com as ferramentas como via, pad e trilha, além do menu flutuante com as camadas onde podemos selecionar a camada ativa.

Figura 4 – Interface do EasyEDA: placa do circuito.

A partir da visão da PCB podemos gerar a placa em três dimensões, como mostra a Figura 5.

Figura 5 – Interface do EasyEDA: placa do circuito em 3D.

O EasyEDA é uma ferramenta que nos possibilita acessar projetos de uma vasta comunidade open hardware. São várias pessoas no mundo criando projetos e deixando eles públicos. Isso pode ajudar muito quem está esturando e querendo ter ideias para por em prática. Você pode acessar vários projetos criads no EasyEDA pelo Open Source Hardware Lab.

Aquisição de Componentes

A primeita integração que podemos observar no EasyEDA com outros sites mencionados é a possibilidade de escolher os componentes de uma vasta base de dados do LCSC.

A Figura 6 mostra a janela da biblioteca do EasyEDA onde a opção padrão é buscar os compoentens do site LCSC.

Figura 6 – Busca na biblioteca do EasyEDA integrada ao LCSC.

O fato de ser possível realizar esta busca integrada não obriga em nada o usuário a adquirir os componentes do site LCSC, na verdade esta possibilidade traz uma facilidade na hora de escolher os componentes para o projeto porque você pode ir direto no site lcsc.com e escolher o exato compoente e ainda ter acesso ao datasheet de forma rápida.

A Figura 7 apresenta o resultado de uma busca pelo transistor BC548 no site LCSC. No resultado da busca você tem acesso ao código do componente do site, é a coluna LCSC Part# que não está sendo mostrada na imagem. Por exemplo o C36611 é o código da primeira linha da lista apresentada. Se você acessar este link verá a descrição do componente no site e terá acesso ao datasheet.

Figura 7 – Busca pelo transistor BC548 no LCSC.

Com este código você pode escolher o exato componente no EasyEDA para criar seu projeto.

Criação da Placa de Circuito Impresso

Por fim temos o JLCPCB, um site onde podemos solicitar a produção da nossa placa de forma profissional.

Todo o processo é realizado online e pode ser solicitado inclusive de dentro do projeto no EasyEDA.

A Figura 8 mostra o orçamento realizado para 5 unidades da placa do projeto do nosso exemplo. O custo para a primeira compra de 5 placas até 100x100mm é de USD $2. Neste caso o frete está por USD $9.11, totalizando USD $11.11 . Com a cotação do dolar de hoje o total neste exemplo fica por aproximadamente R$ 62.

Fazendo outras simulações podemos verificar que, para esta mesma placa, 10 unidades ficaria por USD$ 14.11 , o que diminui muito o custo unitário.

Figura 8 – Orçamento da placa no JLCPCB.

Existem diversas parametrizações que podemos fazer ao solicitar a produção da placa. Esses parâmetros vão depender do projeto e podem elevar o custo final.

Além da produção da placa é possível comprar o stensil ou ainda solicitar que os componentes SMD venham soldados de fábrica. Para está segunda opção é preciso atender alguns critérios e observar que a compra dos compoentes serão em quantidade via LCSC.

Como sugestão deixo a seguir um vídeo mostrando por dentro a fábrica da JLCPCB na China.

Finalizando

Eu particularmente utilizo muito o EasyEDA e adoro a integração com os outros dois sites. Já fiz compras em todos eles. É preciso ficar atento ao custo do frete, pois com a alta do dolar o impacto foi grande.

Se quiser conhecer melhor o EasyEDA acesse o curso Circuito Impresso: Criando uma Shield para Arduino, onde mostro os principios de uso da ferramnte até a produção da placa da Figura 9 no JLCPCB.

Figura 9 – Projeto do Curso.

2 pensou em “Três Sites Úteis para Projetos Eletrônicos

  1. O mundo da eletrônica e um mundo versátil em termos da criação elétrica mas falta muito mais da oportunidade para a queles que tem a inteligência mas não condições em desenvolver o seu conhecimento por falta financeiro o brasileiro sofre por que não tem condições de por em pratica por falta de dinheiro por que a cada dia que passa a corrupção deixa o brasileiro mais pobre isso e a verdadeira realidade falta investimento para o nossos jovem e a adulto

    1. José, eu certamente compartilho da frustração nacional que temos pela falta de investimento em formação tecnológica no Brasil. Se antes já era escasso o acesso a formação de qualidade, nos últimos anos vimos a degradação das universidades e investimento em pesquisa e inovação.
      No entanto creio que a vontade de aprender é algo muito forte que temos em nós. Talvez em algum momento eu faça um post falando sobre minha jornada com a eletrônica. Já adiantando um pouco, quando comecei eu tinha uns 13 anos de idade. Sem computador, celular e muito menos internet na época. Meus estudos foram por apostilas emprestadas de um amigo. E dessa forma segui criando meus circuitos e estudando por quase uma década até ter acesso a internet e outros recursos. Então, façamos o melhor com o que temos, sem desistir. Com acesso a internet hoje podemos aprender muito, com conteúdo de barato e até gratuito. Então, vamos focar em nosso aprendizado diário com os recursos que temos, e fazer a diferença para nossa vida pessoal e profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.