Ferramentas de Bancada no Tinkercad – Parte 1

Quando estamos realizando algum experimento em nossa bancada de eletrônica, ou na mesa da cozinha 😆, muitas vezes precisamos conhecer certos aspectos no funcionamento do circuito. Alguns desse aspectos são conhecidos quando nos fazemos algumas perguntas como “existe um curto em alguma parte do circuito?” , “será que está com mal contato?” ou ainda “está chegando alimentação?”.

Nesta série de posts vamos falar sobre as ferramentas de bancada no Tinkercad e aprender como utilizá-las.

Por mais simples que sejam estas perguntas, a importância das suas respostas é muito grande. A ocorrência de cada delas pode ocasionar em falhas que podem causar desde o mal funcionamento do seu projeto ou até mesmo danificar os componentes que você está usando.

Neste artigo vou mostrar algumas das ferramentas disponíveis no Tinkercad. São ferramentas que podemos ter na nossa bancada apesar de algumas delas terem o valor um tanto salgado para quem não trabalha profissionalmente com projetos de circuitos eletrônicos.

Apresentação das Ferramentas

Na Figura 1 temos a representação de algumas ferramentas de bancada que estão disponíveis no Tinkercad. Na Figura 1(A) temos o multímetro, na Figura 1(B) temos o Gerador de Funções, na Figura 1(C) temos o Osciloscópio e na Figura 1(D) temos a Fonte de energia.

Figura 1. Ferramentas de bancada no Tinkercad.

Cada uma destas ferramentas podem nos apresentar informações importantes para a criação dos nossos circuitos. Claro que no Tinkercad essas representações são ilustrativas e a aparência real de cada uma dessas ferramentas é bem diferente das mostradas no simulador, mas as funções delas no Tinkercad são similares.

Multímetro

A imagem de um multímetro real pode ser vista na Figura 2. No multímetro do Tinkercad é possível usar as funcionalidades de medir tensão, corrente e resistência. Já no aparelho real, como o da Figura 2, podemos ainda testar transistores, escolher entre tensão e/ou corrente contínua ou alternada, medir temperatura, frequência e outras funções que variam a cada modelo.

Figura 2. Multímetro digital

Gerador de Funções

O gerador de funções é um dispositivo capaz de gerar vários tipos de sinais em formas de onda diferentes e frequências diferentes. Um gerador de funções real, como apresentado na Figura 3, pode variar principalmente em sua capacidade de gerar frequências cada vez mais altas podendo chegar a centenas de MHz. No gerador de funções do Tinkercad podemos gerar sinais em ondas quadrada, senoidal e triangular e variar a amplitude, deslocamento CC e frequência. No equipamento real são encontradas outras funcionalidades como a geração de ruído branco, soma de sinais, além de ter vários canais de saída.

Figura 3. Gerador de funções.

Osciloscópio

O osciloscópio é aparelho que permite visualizar sinais, analógicos ou digitais, que são geralmente apresentados em uma tela contida no dispositivo. Apesar desta ser a principal função outras possibilidade é possível utilizar outras funções como a visualização das frequências contidas em um sinal com a funcionalidade da Transforma Rápida de Fourier (FFT, sigla do inglês Fast Fourier Transformation), execução de operações sobre o sinal, visualização da amplitude e frequência entre outas. Um osciloscópio real pode ser visto na Figura 4. No osciloscópio do Tinkercad temos apenas a funcionalidade de medição de frequência por unidade de tempo, que tem grande serventia para observação de possíveis fenômenos em nossos circuitos.

Figura 4. Osciloscópio.

Fonte de Energia

Basicamente qualquer circuito necessita de alimentação de uma fonte de energia, seja uma bateria ou uma fonte ligada à tomada da rede elétrica.

As fontes de bancada, como a apresentada na Figura 5, são ferramentas capazes de fornecer uma alimentação que geralmente pode ser variada de acordo com a necessidade. Essa variação pode ser na tensão ou corrente fornecida.

Figura 5. Fonte de energia variável, 0-30V / 10 A.

Publicidade:

A seguir…

No próximo post vamos falar sobre a forma correta de usar o multímetro no Tinkercad.

1 pensou em “Ferramentas de Bancada no Tinkercad – Parte 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.